domingo, 28 de novembro de 2010

Por isso que não foi...



No começo do ano, a prefeitura de Taubaté recebeu uma doação, um burro. Mas o que é possível se fazer com um burro? Não muita coisa. Mas lembrem-se, o mascote do EC Taubaté é um burro. O animal foi customizado para dar boa sorte, mas infelizmente, o taubaté não conseguiu ascender da Série A3 para a A2.


Mas, aconteceu algo que nínguém esperava. Na verdade, o animal era um jumento! Todos ficaram desolados, mas não descontaram no animal, bem, pelo menos no "burro", pois o sujeito que doou o animal recebeu o título de persona non grata, embora ninguém o conheça. Ainda assim, por motivos desconhecidos, o jumento acabou sumindo, e ninguém na cidade sabe de seu paradeiro. Para o ano que vem, a prefeitura promete disponibilizar um burro genuíno, visando alavancar a campanha e a popularidade do time, evitando incidentes como os de 2009, em que os 18 mil espectadores gritavam "Burro! Burro!", e a equipe da Rede Vida pensou que fosse com o técnico...

Um comentário:

  1. ahuhauuhahuahuahu.
    Já diria Milton Neves:
    ESSA FOI BOOOA...

    ResponderExcluir